Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

16
Jun 20

Centeno quer ser Governador do Banco de Portugal, um lugar que ao longo dos anos foi sendo desprestigiado pela (não) actuação dos seus governadores. Hoje a reputação de Governador do Banco de Portugal está pelas ruas da amargura. Melhor dizendo: na merd…!

ng4031090.jpg

Mas Centeno quer ser Governador. Porquê? Pelo salário mensal de 16926.82 Euros, mais umas alcavalas, pó-pó incluído? Não é de desprezar, mas também não acredito que seja só pelo dinheirinho.

A história recente do Banco de Portugal é deprimente, senão vejamos: Enquanto entidade fiscalizadora, deixou rolar na roubalheira da quadrilha do BPN (aquela que metia, entre outros, ex-ministros do PSD), do Banco Privado e do Banif, não contestou a idoneidade de Ricardo Salgado no BES, em 2014. Não pôs em causa a idoneidade de Isabel dos Santos e Teixeira dos Santos, no Eurobic, nem tão pouco da Sonangol, segundo maior accionista do BCP. A postura dos últimos Governadores são de pura distração, deixa fazer e depois logo se vê.

Um Governador demasiado distraído não será a postura de Centeno. Mesmo que um salário chorudo pareça justificar qualquer distração, a alta finança, os ladrões e trafulhas encartados deste país, não estão nada confortáveis com a ideia de Centeno sentar-se na cadeira de Governador do Banco de Portugal.

publicado por Brito Ribeiro às 15:49
tags:

Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO