Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

18
Dez 10

Dia 11 de Dezembro, pelas nove da manhã, na Freguesia de Arga de S. João iniciamos o percurso designado "Trilho da Pedra Alçada", uma iniciativa do CISA, Centro de Interpretação da Serra d'Arga, que nos levou até a um dos pontos mais altos da "nossa" serra, de onde avistamos o estuario do Rio Minho e simultaneamente o do Rio Âncora. A descida foi em direcção ao Mosteiro de S. João d'Arga, seguimos ainda o curso da Ribeira de S. João até atravessarmos a Freguesia de Arga de S. João, de regresso à Igreja Paroquial de onde tinhamos partido algumas horas antes. Cansados? Sim, um pouco, mas conscientes do património riquíssimo que é a Serra d'Arga e contentes por mais uma jornada de fruição da natureza... sem a estragar.

 

Partida da Igreja de Arga de S. João, onde o pároco tem lugar de estacionamento reservado. Deve ser muito necessário, digo eu!

 

 

Subir um trilho em direcção à Pedra Alçada custa, mas compensa.

 

 

 

Onde as rochas tem caprichos

 

 

A vegetação recupera lentamente do incêndio do último verão

 

 

Os caminheiros continuam a ser maioritariamente de fora do Concelho

 

 

Na Eira do Guindeiro ouvindo as explicações do Ventura sobre um vestígio medieval

 

 

Um trilho de romeiros destruido pela ignorancia (ou estupidez) de quem consentiu que uma máquina pesada enterrasse uns tubos de água

 

 

O mesmo trilho onde a máquina não entrou. Nota-se diferença, não?

 

 

Um belo recanto da Ribeira de S. João, que passa junto do Santuário de S. João d'Arga

 

 

Um piscina natural na Ribeira de S. João

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Brito Ribeiro às 12:44
tags:

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
15
16
17

19
20
21
22
24
25

26
27
28
29
30
31


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO