Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

19
Set 10

No sábado passado fui até ao Pincho, local que muito prezo, mas saí de lá revoltado com a falta de limpeza e cuidado a que este pequeno paraíso está votado. Sendo um dos cartões-de-visita da Serra d’Arga, não compreendo como é que o poder local não zela pelo que realmente pode projectar a região em termos turísticos e criar condições para que seja cada vez mais visitada. Isto para não falar da sua sensibilidade ambiental que, pelos vistos, não existe!

Das duas, uma; ou temos vocação turística ou, definitivamente, não temos e será necessário assumir essa postura. O que não se pode é fazer promoção turística e deixar ao abandono, emporcalhado e degradado um dos mais belos recantos do Alto-Minho.

Do Pincho fui até aos Viveiros, um pouco mais acima, outro dos locais onde gosto de usufruir a natureza, as águas calmas do Rio Âncora, a vegetação exuberante, a calma própria de um fim de tarde de verão.

Se já tinha ficado aborrecido com a situação do Pincho, fiquei estarrecido com a imundice que cobre toda a área dos Viveiros.

*
*
*
*

Aliás, as fotografias não mentem! É lamentável que a Junta de Freguesia de S. Lourenço da Montaria não cuide destes locais com carinho e nem sequer serve de desculpa dizer que não tem meios, pois as intervenções de limpeza e sua manutenção são simples e pouco dispendiosas.

A Câmara Municipal de Viana do Castelo também tem de estar mais atenta a estas questões, pois o turismo no seu Concelho não se esgota nas Festas da Senhora da Agonia, nas praias atlânticas ou na gastronomia.

Estende-se, cada vez mais, para nichos alternativos, como o turismo de natureza, do património, religioso, cultural ou radical, entre outros.

Mas com dois dos principais pontos de atracção totalmente conspurcados e impróprios, convenhamos que se está a dar um óptimo contributo para “espantar a caça”.

publicado por Brito Ribeiro às 20:24
tags:

Seria possível indicar-me como encontrar o famoso PINCHO?
Em tempos, através da estrada que liga Âncora a Ponte de Lima, depois de atravessar a vetusta ponte de pedra e em arco, mais à frente tomei um caminho em pedra e terra (à esquerda) que me conduziu a uma queda de água com cerca de 4/5 metros de alto.
Não me parece que seja o dito PINCHO, daí a minha pergunta.
Ferreira Pinto a 10 de Novembro de 2010 às 14:42

Para ir ao Pincho, vindo de Vila Praia de Âncora:

Pegar na estrada Vila Praia de Âncora => S. Lourenço da Montaria. Em Amonde, sem sair da estrada principal, há uma parte onde haverá uma curva bastante fechada em "S". Nessa curva, há uma estradinha pequena à esquerda.

Tem de se ir por aí, andar um bom kilómetro por caminho de terra e está-se no Pincho.
Paulo Carvalho a 8 de Fevereiro de 2011 às 07:58

Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
24
25

26
27
28
29
30


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO