Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

25
Fev 09

Estamos a comemorar dois anos de existência. A aventura começou em Fevereiro de 2007 e desde então, foram publicados cerca duzentos e quarenta artigos e por cá passaram mais de 51.000 visitantes.

Pelo mundo continuaram as lutas entre palestinianos e israelitas, conflito sem fim à vista, tal como no Iraque, o Afeganistão, o Sri Lança ou a Somália. A América elegeu o primeiro presidente negro que tem pela frente uma tarefa ciclópica.
Por cá a crise que nunca nos deixou, instalou-se de armas e bagagens, sendo pedido aos portugueses, como de costume, mais uns apertões no cinto.
Os governos alternam entre uns e outros, irmanados na incompetência e nos escândalos que enlameiam, cada vez mais, a classe política. Os dinheiros públicos continuam a fluir para as obras públicas de duvidoso interesse nacional, mas de relevante interesse político partidário. A segurança de pessoas e bens é diariamente posta em causa e começa a ser abusivo falarmos do “tranquilo jardim à beira mar plantado”.
O polícia mais parece o criminoso e este acaba na maior parte das vezes a rir-se da justiça feita deliberadamente para funcionar tarde, mal ou nunca. Os crimes de colarinho branco, recentemente postos a nu pela comunicação social e que incriminam a insuspeita comunidade banqueira, deixam o Estado e as entidades fiscalizadoras, que nada fiscalizaram, com o embaraço de resolver a crise financeira que deixou à beira da falência diversos bancos. Mais uma vez à custa dos nossos impostos, mais uma vez à custa de quem trabalha… como de costume.
Por cá, Vila Praia de Âncora, bem entendido, continuamos na mesma cepa torta. Desenvolvimento económico é coisa que continua a escapar para os concelhos vizinhos e a qualidade de vida não é mais, nem menos que antigamente. Industria não há, agricultura muito menos e sobre a pesca estamos conversados. Turismo só de garrafão e marmita e não há projectos nem intenções de inverter a situação.
Como estamos em ano de eleições não será de estranhar que nos próximos meses apareçam promessas, se inaugurem obras mesmo sem acabar, se façam festas, com beijinhos e abraços… como de costume.
Felizmente este blog não vai a votos, por isso continuará tranquilamente a sulcar o espaço e o tempo, reflectindo, criticando, informando e divertindo-se com tudo isto até ao próximo aniversário.
Bem hajam!
 
publicado por Brito Ribeiro às 22:26

Parabéns. É sempre um prazer renovar vir aqui e aprender sempre um pouco mais.
OLima a 25 de Fevereiro de 2009 às 23:25

Obrigado, és sempre bem-vindo!

Abraço
Brito Ribeiro a 26 de Fevereiro de 2009 às 15:48

Sem intenção de desvalorizar a excelente análise dos dois anos de actividade, o seu balanço fez-me sorria ao evocar os resumos anuais do "O Seringador", um pequeno almanaque que se autointitulava de "satírico e jocoso" e que servia, no tempo em quie se vivia do campo, para ajudar a orientar as tarefas da lavoura e descontrair um pouco com inocentes anedotas...
Só que o seu post não tem nada de satírico nem jocoso e a verdade é que temos muitas razões para nos preocuparmos.
Os meus parabéns pelo que já produziu e votos de que continue a proporcionar-nos muitos e bons momentos de leitura como até agora.
Um abraço
Eira-Velha a 27 de Fevereiro de 2009 às 10:37

Lembro-me do Seringador e mais tarde do Borda D'Água que julgo ser parecido. Não quis ser pessimista, mas reconheço que fui um tanto negativo nas apreciações que fiz.
O problema é que não encontro motivos para me pôr a dançar de contente. Nem eu, nem (se calhar) a imensa maioria dos meus compatriotas.

Abraço

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
18
19
20
21

22
23
24
27
28


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO