Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

19
Jul 08

“É anedótico” diz a Corema, cortar os eucaliptos centenários que bordejam a estrada velha do Camarido, junto à entrada de Cristelo.

 

A Junta de Freguesia e respectiva Assembleia também já se manifestaram frontalmente contra esta intenção da entidade gestora da Mata Nacional do Camarido.
 
Os eucaliptos em questão tem mais de 40 metros de altura e alguns deles tem cerca de 2,5 metros de diâmetro no tronco, sendo um agradável cartão-de-visita desta simpática aldeia, "um património natural indissociável da paisagem da veiga de Cristelo".
 
É incompreensível como a Divisão do Núcleo Florestal do Alto e Baixo Mnho está preocupada com quinze árvores de grande porte e não ligue nenhuma importância aos milhares de infestantes (austrálias e silvas) que proliferam livremente no Camarido.
 
Nos últimos anos a acção desta entidade gestora tem sido nula, deixando este pulmão litoral no mais absoluto estado de degradação e abandono.
 
Será que por trás disto não andará qualquer “mãozinha” marota, que ainda não desistiu de construir uma mega discoteca nessa zona?
publicado por Brito Ribeiro às 20:31
tags:

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
17
18

20
22
24
26

27
31


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO