Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

09
Jun 08

No sábado passado fui visitar um evento promovido pela nova Associação de Empresários de Hotelaria e Restauração do Concelho de Caminha (AEHRCC), realizado no Forte da Lagarteira em Vila Praia de Âncora.

Deu para apreciar trabalhos de Mário Garrido, Mário Rebelo de Sousa e de outros artistas locais, convidaram-me a degustar vinho verde, dei mais uma volta e recolhi uma pequena brochura promocional dos diversos estabelecimentos hoteleiros aderentes.
À noite, em casa dispus-me a ler a dita brochura e fiquei seriamente preocupado com a forma como se pode dar cabo de um trabalho que me parece meritório.
Na realidade este livrinho encerra dúzias de erros ortográficos, repito dúzias de erros ortográficos, um sem número de frases construídas em português “macarrónico” e algumas frases sem fazerem qualquer sentido.
É mal de mais para ser oferecido como veículo promocional seja do que for, pois qualquer alma poderá pensar se a qualidade da brochura não será igual à qualidade dos estabelecimentos apresentados.
Fiquei com a ideia que foi um trabalho feito à pressa, elaborado por amadores sem o mínimo de qualidade e de conhecimentos de hotelaria ou de marketing. É muito pouco provável que este trabalho tenha sido corrigido antes de ser impresso. Se foi, lamento, mas essa pessoa tem de deixar esse tipo de tarefa para a qual não tem competência.
Conheço muitos dos restaurantes e hotéis lá mencionados, tenho a certeza que estão à vontade em matéria de qualidade de serviços oferecidos, mas têm de se precaver contra este tipo de situações lesivas para o bom nome dos operadores turísticos do Concelho de Caminha.
publicado por Brito Ribeiro às 14:55
tags:

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13

15
16
18
20
21

22
27
28

29
30


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO