Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

26
Jun 07
A poesia de Rouxinol de Bernardim sobre o “complex” da nossa administração
 
Vai andando por aí:
Câmaras municipais,
Nos seguros já a vi...
Na banca ... e até tribunais!

Mafiosa e prepotente
Maltrata a lei e o bom senso...
É meretriz indecente
Amante do cifrão... penso!

De uma estupidez sem peias
Cheiro a presunção, intenso!
É bem curta das ideias
Mas o seu rabo é imenso...

Se tem o poder, então,
Procura um efeito cénico:
Sem argumentos à mão
Lança mão do "esquizofrénico"!...

O País vai infestando
Da Madeira até Caminha...
Cada vez mais vai medrando
Asnocracia daninha!...

Asnocracia é simplória
Muita empáfia ela denota
'stá sempre a cantar vitória
Mesmo na maior derrota!!!
publicado por Brito Ribeiro às 11:41
tags:

excelente.

elmanofilo
elmanofilo a 20 de Agosto de 2014 às 11:42

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
15
16

17
19
20
22
23

24
25
28
30


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO