Ambiente, história, património, opinião, contos, pesca e humor

10
Mai 07
 
 
Localização
Vila Praia de Âncora, Pç. da República
 
Protecção
Inexistente
 
Enquadramento
Urbano, flanqueado, implantação harmónica. Integrado no tecido urbano, com frontaria voltada para um largo em dois níveis, unidos por escadaria, que constituem o seu adro, calcetamento em laje de granito. Portal com acesso por escadaria de cinco degraus semicirculares.
 

Descrição
Planta longitudinal composta, por nave e capela-mor mais baixa e ligeiramente mais estreita, com sala anexa, baixa e poligonal, de dois pisos, e torre sineira quadrangular a Sul, adossada à fachada principal. Coberturas escalonadas com telhados de duas águas na nave e capela-mor, de três na sacristia e coruchéu piramidal na torre.
Frontaria, orientada a Oeste, com embasamento saliente e rematada em empena recortada, coroada por cruz latina, alta. Portal axial de pés-direitos ressaltados sobrepujado por frontão curvo que abriga o símbolo das iniciais da família Medeiros; encima-o janelão rematado em arco pleno, assente em ornatos vegetalistas. Nos cunhais pilastras jónicas suportam um entablamento clássico, com cornija em denticulado, rematados por fogaréus.
A fachada Norte rematada por friso e entablamento, tendo uma porta, simples rectangular. A fachada Este, apresenta cornija moldurada, tendo os cunhais com pilastras toscanas, sobrepujados por fogaréus e no remate da empena uma cruz latina, alta, com remates em ponta de diamante.

No interior da nave e capela-mor, os paramentos têm silhar de azulejos, e reboco na restante área. Sobre a entrada principal coro-alto, resguardado por balaustrada, com acesso pela torre sineira. No topo da nave, dois retábulos colaterais, em talha pintada e dourada, postos de ângulo. Arco triunfal de volta perfeita, liso, com aduela de fecho sobreposta por pedra de armas da família Medeiros, assente em pilastras toscanas. Na capela-mor, retábulo-mor em talha pintada e dourada, com acesso através de três degraus.
Tecto de masseira com painéis figurando os Mistérios do Terço, enquadrando, na nave, a imagem de Nossa Senhora da Bonança e os símbolos de Vila Praia de Âncora. A sala anexa, correspondendo a um aumento da área da nave, está em comunicação com esta pela abertura de metade da sua parede Sul, assim como por parte da mesma parede da capela-mor e fazendo o seu eixo com o desta um ângulo de 90°, albergando no extremo E. a sacristia e no piso superior um salão paroquial.
 
Descrição Complementar
A torre sineira adossada à parede Sul, com acesso por quatro degraus que conduzem a uma porta, simples de vão rectangular, tem três registos separados por cornija, com cunhais em pilastras toscanas, apresentando no andar superior uma sineira de quatro janelas, com remate frontal em frontão curvo e com fogaréus sobrepostos aos cunhais.

O interior é iluminado pelo janelão implantado sobre o pórtico principal e por duas janelas altas, de vão rectangular, gradeadas e envidraçadas, colocadas nas paredes laterais da nave e capela-mor, complementadas por janelas mais baixas e alongadas que iluminam a sala anexa à nave.
Os altares laterais são dedicados a Nossa Senhora da Bonança, do lado do Evangelho, com a inscrição no ático: "ALTAR / DE N. S. / DA BONANÇA. / OFFERTADO / PELOS PES/CADORES / 1893.", e ao Sagrado Coração de Jesus, do lado da Epístola.
 
Propriedade
Privada: Igreja Católica
   
Cronologia
1890 - início da construção da capela com a configuração actual, no lugar da antiga capela oitocentista da Senhora das Necessidades;
séc. 20 - década de 20 - acabamento da torre sineira; década de 70 - pinturas do tecto da nave e capela-mor; 1987 - construção da sala anexa à nave.
 

Tipologia
Arquitectura religiosa, neoclássica. Igreja neoclássica de planta longitudinal composta por nave e capela-mor rectangular, mais baixa e estreita, com frontispício terminado em empena recortada, portal de verga recta encimada por frontão e nicho, e tendo adossado a torre sineira quadrangular.
Fachadas laterais percorridas por cornija e rasgadas por uma janela na nave e capela-mor e por um portal na lateral esquerda. Interior um pouco adulterado, ostentando retábulos em talha pintada e dourada neoclássicos.
 
Características Particulares
Brasão de armas da família Medeiros sobre a aduela de fecho do triunfal.
   
Materiais
Estrutura em granito e cimento, altares em madeira, cobertura interior em estuque e exterior em madeira telhada, pavimento em mosaico, paramentos rebocados e com azulejos, portas de madeira, balaustrada em madeira, janelas gradeadas e envidraçadas.
 
Fontes: Direcção Geral dos Monumentos Nacionais
 
 
 
publicado por Brito Ribeiro às 17:28

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
17
19

20
22
24
25
26

27
29
30


Relógio
Visitantes
contador de visitas gratis
Hospedagem de Sites
O Tempo
miarroba.com
Buffering...
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO